My Photo

DISCLAIMER


  • A Chefe Suprema da Redação reserva-se o direito de eliminar todos os comentários que considerar ofensivos, mal-educados, inapropriados ou... simplesmente estúpidos. A Chefe Suprema da Redação é juíza e jurada e não reconhece nenhum direito de apelação. Os incomodados que vão cantar em outra freguesia.

« | Main | Mitos e lendas daqui e de lá - Brasil: A mula sem cabeça »

Comments

Beatriz

O manezinho da ilha fala cantado, super rápido e com um chiadinho no "s", bem parecido com o jeito de falar dos açorianos, ou seja, se não prestar muita atenção, o brasileiro de outros lugares só consegue pescar uns 20% da conversa. Tenho parentes em Floripa, mas como eles vieram de Lages, na divisa com o Rio Grande, o sotaque deles lembra mais o dos gaúchos. E não é que eles acham que os paulistanos falam "cantadinho e gritadinho"? Ah, eles também adoram um diminutivo. Acho muito legal registrar aspectos da cultura e da história por meio dos "falares" (Professor Odilon chamando...). São tantos Brasis que realmente é espantoso que em todos eles se fale português.

Ingrid Littmann

O falar do ilheu me dá saudade, nunca imaginei que tivesse tanta historia trazida de longe.

beijos

The comments to this entry are closed.